Mundo Violeta

Um Mundo Violeta de Pura Espiritualidade
 
InícioRegistrar-seConectar-se
Estatísticas
Temos 473 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de MarshaWag

Os nossos membros postaram um total de 2426 mensagens em 1888 assuntos
Últimos assuntos
» Medusa
Qui 26 Mar 2015, 22:56 por tifanysangrenta

» Livro: A ilusão de Lilith
Qua 11 Jun 2014, 11:34 por SECRET LOBA BRANCA

» A Lenda da Estatua.
Dom 08 Jun 2014, 19:52 por SECRET LOBA BRANCA

» As 7 Profecias Maias
Sex 30 Maio 2014, 05:31 por † Maurício †

» História Do Slender Man
Sex 10 Jan 2014, 18:28 por † Maurício †

» Vampiros
Dom 05 Jan 2014, 19:54 por † Maurício †

» História Da Casa Do Filme The Amityville Horror
Qua 11 Dez 2013, 04:02 por † Maurício †

» Cuidado Com As Maças
Qua 11 Dez 2013, 03:54 por † Maurício †

» Sobre Wicca - Entrevista de Gilberto de Lascariz
Qui 05 Dez 2013, 19:21 por † Maurício †

Quem está conectado
2 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 2 Visitantes

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 1036 em Qui 18 Set 2014, 16:25
Parceiros

Compartilhe | 
 

 O negrinho do Pastoreio

Ir em baixo 
AutorMensagem
Filipee '-'
MEDIUM
MEDIUM
avatar

Mensagens : 76
Pontos : 12583
Reputação : 15
Data de inscrição : 01/12/2011
Idade : 22
Localização : Camaquã RS

MensagemAssunto: O negrinho do Pastoreio   Sab 10 Dez 2011, 16:30

O Negrinho do Pastoreio É uma lenda meio africana meio cristã. Muito contada no final do século passado pelos brasileiros que defendiam o fim da escravidão. É muito popular no sul do Brasil.

Nos tempos da escravidão, havia um estancieiro malvado com negros e peões. Num dia de inverno, fazia frio de rachar e o fazendeiro mandou que um menino negro de quatorze anos fosse pastorear cavalos e potros recém-comprados. No final do tarde, quando o menino voltou, o estancieiro disse que faltava um cavalo baio. Pegou o chicote e deu uma surra tão grande no menino que ele ficou sangrando. ‘‘Você vai me dar conta do baio, ou verá o que acontece’’, disse o malvado patrão. Aflito, ele foi à procura do animal. Em pouco tempo, achou ele pastando. Laçou-o, mas a corda se partiu e o cavalo fugiu de novo.

Na volta à estância, o patrão, ainda mais irritado, espancou o garoto e o amarrou, nu, sobre um formigueiro. No dia seguinte, quando ele foi ver o estado de sua vítima, tomou um susto. O menino estava lá, mas de pé, com a pele lisa, sem nenhuma marca das chicotadas. Ao lado dele, a Virgem Nossa Senhora, e mais adiante o baio e os outros cavalos. O estancieiro se jogou no chão pedindo perdão, mas o negrinho nada respondeu. Apenas beijou a mão da Santa, montou no baio e partiu conduzindo a tropilha.

Origem: Fim do Século XIX, Rio Grande do Sul.


Fonte: Art Educação
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://mundovioleta.forumeiros.com/
 
O negrinho do Pastoreio
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Mundo Violeta  :: Off Topic | Lixeira :: OFF Topic :: Folclore Brasileiro-
Ir para: