Mundo Violeta

Um Mundo Violeta de Pura Espiritualidade
 
InícioRegistrar-seConectar-se
Estatísticas
Temos 473 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de MarshaWag

Os nossos membros postaram um total de 2426 mensagens em 1888 assuntos
Últimos assuntos
» Medusa
Qui 26 Mar 2015, 22:56 por tifanysangrenta

» Livro: A ilusão de Lilith
Qua 11 Jun 2014, 11:34 por SECRET LOBA BRANCA

» A Lenda da Estatua.
Dom 08 Jun 2014, 19:52 por SECRET LOBA BRANCA

» As 7 Profecias Maias
Sex 30 Maio 2014, 05:31 por † Maurício †

» História Do Slender Man
Sex 10 Jan 2014, 18:28 por † Maurício †

» Vampiros
Dom 05 Jan 2014, 19:54 por † Maurício †

» História Da Casa Do Filme The Amityville Horror
Qua 11 Dez 2013, 04:02 por † Maurício †

» Cuidado Com As Maças
Qua 11 Dez 2013, 03:54 por † Maurício †

» Sobre Wicca - Entrevista de Gilberto de Lascariz
Qui 05 Dez 2013, 19:21 por † Maurício †

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 1036 em Qui 18 Set 2014, 16:25
Parceiros

Compartilhe | 
 

 Afrodite

Ir em baixo 
AutorMensagem
† Maurício †
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR
avatar

Mensagens : 1934
Pontos : 17285
Reputação : 11
Data de inscrição : 28/11/2011

MensagemAssunto: Afrodite    Ter 05 Fev 2013, 15:06

Deusa grega da fecundidade, da beleza e do amor, era oriunda da Ásia, réplica de Istar e de Astarte. Os Fenícios levaram o seu culto para Citera e Chipre, onde foi assimilada pelos Gregos. Estes forjaram então a sua lenda de forma a torná-la grega e a dar-lhe um nome de cunho helénico. Chamaram então à deusa Afrodite (do grego aphros, "espuma"). Reza a lenda que quando o Titã Cronos castrou seu pai, Urano, com uma foice, deitou ao mar o pénis decepado, que ficou a boiar nas águas. Afrodite terá sido assim gerada e terá crescido no pénis de Urano, indo um dia dar à costa de Chipre. Outra versão conta que o pénis se transformou em espuma, da qual nasceu Afrodite. Diz-se também que foi parar a Chipre ou a Citera transportada pelos Zéfiros. Nestas ilhas, terá sido criada pelas Horas (as Estações), que a vestiram e adornaram, levando-a em seguida até junto dos deuses. Uma outra lenda diz que terá sido criada por Nereu, uma divindade marinha.
Personificação da beleza feminina no Olimpo, tornou-se a deusa universal da fecundidade. Em tributo à sua beleza, Páris atribuiu-lhe a maçã da vitória num "concurso" de beleza instigado pela Eris (em mit. romana, Discórdia), no monte Ida, tendo saído vencedora em deterimento de Hera e Atena. 


Para convencer Páris a dar-lhe a vitória, Afrodite ter-lhe-á oferecido a mão de Helena, que ele aceitou - Hera oferecer-lhe-ia a realeza e Atena a invencibilidade da guerra. Por essa razão, Afrodite terá também estado na origem da Guerra de Troia. Nesta contenda protegeu sempre os Troianos, principalmente Páris, que ajudou a vencer Menelau, e Eneias, que quase era morto por Diomedes, que terá ainda ferido a deusa. Todavia, Afrodite não conseguiu impedir a derrota de Troia e a morte de Páris. Mas ainda conseguiu ajudar Eneias, Anquises e Ascânio (ou Iulo) a fugirem de Troia, a arder, e fundarem uma nova pátria. Daí que em Roma a veneração por Vénus (Afrodite), fosse muito grande, pois consideravam-se descendentes dos Iulii, que descendiam de Iulo e logo de Afrodite, mãe de Eneias. Júlio César dedicou-lhe por isso um templo, dedicado a Venus Genitrix(Vénus-mãe), deusa protetora da Cidade. Todavia, entre os Romanos, teria uma correspondência provavelmente com uma divindade itálica antiga, também chamada Vénus, cuja lenda poderá entroncar na Afrodite grega.


Afrodite era também uma deusa relativamente irascível e até vingativa, desferindo maldições contra quem a transtornasse ou a quem não lhe obedecesse, como aconteceu com as Lémnias, dotando-as de um cheiro nauseabundo que afugentava os seus maridos. Só os Argonautas quebraram aquele castigo de Afrodite. Também em Pafo, forçou as filhas de Cíniras a prostituírem-se com os estranhos que à terra chegassem. 
Representava não só o amor sexual mas também a amizade entre os homens que está na base da vida em sociedade. Possuía várias designações esta deusa do Amor, da Beleza e da Fecundidade entre os Gregos. Era Afrodite Urânia, para o amor celeste, ou puro, como dizia Platão; A. Pandemos(ou Pandémia), no amor vulgar, popular; A. Ninfia, para o casamento; A. Hetaira, entre as cortesãs. Os Gregos deram-lhe também como pais Zeus e Dione, "casando-a" com Hefestos, o deus ferreiro e criando uma série de lendas sem nexo algum. Não deixou de ter, no entanto, várias aventuras amorosas com outros deuses, como Ares, Dioniso, Hermes, para além de mortais, como Adónis ou Anquises, do qual teve o herói Eneias. O belo e jovem Adónis terá sido provavelmente a mais arrebatada paixão de Afrodite, como o foi para Perséfone, senhora dos Infernos. Gerou-se então uma disputa acesa entre as duas mulheres, e Zeus teve que intervir, determinando que Adónis, regressado à vida, passaria o ano da seguinte maneira: um terço sozinho, outro com Perséfone e o outro com Afrodite. Todavia, esta acabara por passar dois terços com o jovem, enquanto Perséfone apenas o seu terço. Tendo sido morto por um javali, acabou Adónis por morrer muito jovem. 


No caso de Ares, que terá tido também muitos ciúmes de Adónis (diz-se que terá enviado mesmo o fatal javali contra ele), gerou-se uma lenda famosa. Avisado Hefesto da infidelidade de sua mulher, logo terá congeminado uma vingança: para tal, fez na sua forja uma rede de ouro inviolável, com a qual apanhou os amantes no leito de traição. Então, terá chamado os outros deuses do Olimpo para presenciarem o espetáculo. Estes, no entanto, apenas se riram da vergonha que Ares e Afrodite sentiam. Poseidon tratou então de fazer com que Hefesto libertasse os dois amantes. Afrodite fugiu envergonhada para a "sua" ilha de Chipre e Ares para a Trácia. mas da sua relação com Ares nasceram Eros, o Amor, e Ânteros, Deimo e Fobo (o Terror e o Medo, respetivamente), a Harmonia e, segundo versões tardias, também Príapo, o deus de Lâmpsaco. Outro filho famoso foi Hermafrodito, um ser bissexuado nascido de uma união sua com Hermes. 
No seu séquito divino, alinhavam as três Graças (ou Cárites): Aglaia, Eufrósina e Talia, originalmente deusas da Natureza. As insígnias de Afrodite eram o mirtilo, a rosa, a rola ou a pomba. Numa fase tardia, começou a ser representada semi-nua. Tinha santuários espalhados desde a Sicília até Chipre.

Resumo: Afrodite era a deusa grega do amor, do sexo, da regeneração e da beleza corporal. Afrodite é de uma geração mais antiga que a maioria dos outros deuses olímpicos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://mundovioleta.forumeiros.com
 
Afrodite
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Mundo Violeta  :: Contos | Mitologia | Lendas Urbanas | Relatos :: Mitologia-
Ir para: